Carregando

O que significa DLPA, qual sua obrigatoriedade e qual a importância?

Publicado em: 17/06/2022 Autor/fonte: Impacto Assessoria Contábil e Tributária
O que significa DLPA, qual sua obrigatoriedade e qual a importância?

O ramo da contabilidade é composto por muitas siglas e que devem ter toda a atenção para gerir bem o negócio. Entre estas siglas está a DLPA que significa Demonstração de Lucros e Prejuízos Acumulados. Esse documento é uma demonstração contábil não-obrigatória que evidencia as alterações ocorridas no saldo da conta Lucros ou Prejuízos Acumulados, no Patrimônio Líquido.

O seu principal objetivo é demonstrar, como o próprio nome diz, quais as alterações ocorridas no patrimônio líquido de acordo com a geração de lucro ou prejuízo proveniente das suas operações, bem como outros fatores que possam alterá-lo de alguma maneira.

Ou seja, conforme uma companhia apura lucro, isso representa um aumento patrimonial. Da mesma forma, um resultado de prejuízo irá reduzir o patrimônio do negócio. E isso pode ser acompanhado justamente por meio da DLPA.

 

Como é o funcionamento da DLPA?

O objetivo dessa demonstração é mostrar, além da movimentação ocorrida no saldo da conta de Lucros ou Prejuízos Acumulados, o resultado (lucro ou prejuízo do período) e sua distribuição.

A Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA) deverá conter:

a. O saldo do início do período e os ajustes de exercícios anteriores;

b. As reversões de reservas e o lucro ou prejuízo líquido do exercício;

c. As transferências para reservas, os dividendos, a parcela dos lucros incorporada ao capital e o saldo ao final do período.

Uma eventual redução no prejuízo acumulado ou aumento na reserva de lucros pode mostrar um resultado positivo no período.

Já o aumento do prejuízo ou redução das reservas pode mostrar o prejuízo no período. O foco da DLPA é sobre o resultado da empresa.

Como esse relatório mostra as alterações nas reservas de lucros e nos prejuízos, outras contas podem ser influenciadas pela alteração de tais contas.

 

Qual é a obrigatoriedade da DLPA?

No começo deste artigo nós citamos que a DLPA é uma demonstração contábil não-obrigatória, contudo existem alguns casos em que existem sim a obrigatoriedade da elaboração desse documento.

Por exemplo, as empresas tributadas pelo Lucro Real são obrigadas a entregar uma DLPA, além disso, as sociedades anônimas também são obrigadas a redigir esse documento.

Essas empresas também precisam entregar a DFC (Demonstrativo do Fluxo de Caixa) e a Nota Explicativa. Além disso, quem entrega a ECD (Escrituração Contábil Digital) também precisa entregar todas as demonstrações contábeis junto ao arquivo.

É importante dizer que existe a possibilidade de optar pela DLPA ou DMPL (Demonstrativo de Mutação do Patrimônio Líquido), uma vez que os dois relatórios tratam do Patrimônio Líquido.

Ter a orientação de um profissional de contabilidade é muito importante a fim de esclarecer demais dúvidas. Consulte-nos!

NOME DA TAG
Últimos Posts
Posts Anteriores
  • Junho / 2022 - 3 posts
  • Maio / 2022 - 1 post
  • Abril / 2022 - 4 posts
  • Março / 2022 - 3 posts
  • Fevereiro / 2022 - 2 posts
  • Janeiro / 2022 - 2 posts

Unidade Jundiaí

Rua Prof. João Batista Curado, 40
Vila Virgínia - Jundiaí/SP
CEP: 13.209-020

Tel: (11) 4583-4343
Whatsapp: (11) 94244-3703

jundiai@iact.com.br

Unidade Rio de Janeiro

Av. Ayrton Senna, nº3000 - Bl. Grumari
Sala 4026 - Barra da Tijuca
Rio de Janeiro / RJ - CEP: 22.775-904

Tel: (21) 3512-0068
Whatsapp: (21) 96571-3326

riodejaneiro@iact.com.br

Unidade Curitiba

Tel: (41) 3012-0068

curitiba@iact.com.br

Unidade Brasília

Tel: (61) 3246-7199

df@iact.com.br

Unidade Itatiba

Tel: (11) 4524-2124
Whatsapp: (11) 94244-3703

itatiba@iact.com.br